• LOJA H. FREIRE ANTENAS PARABÓLICAS, MOVEIS E ELETROS. ZÉ DOCA-MA E SANTA LUZIA-MA
  • CHURRASCARIA TRADIÇÃO A MELHOR DA CIDADE. SERVIMOS ALMOÇO E JANTAR

Presidente da câmara de Ze Doca Carlos Henrique Solteiro, prestigia a posse dos membros da Academia Zedoquense de Letras-AZL.

O presidente da câmara de Zé Doca Carlos Henrique Solteiro esteve presente no clube Maçonaria na noite deste sábado, (02) onde foi realizado a posse dos membros da Academia Zedoquense de Letras AZL.

A academia tem pôr fim a cultura da língua e da literatura zedoquense. Na prática a ideia é que seja um ambiente de trocas intelectuais, realizando conferências e uma série de publicações, zelando pela língua e agregando novos membros e participantes nos debates incentivando a cultura local.

O secretário de saúde do município Francisco Lima e também membro da academia falou a respeito de sua posse: “Nós vamos abraçar e congregar todas aqueles que gostam de fazer cultura tanto na literatura, poesias e artes de modo geral e a academia está disponível para os que querem participar e contribuir para o crescimento intelectual”, relatou Francisco.

Na ocasião estiveram presentes o Presidente das Academias Maranhenses de Letras, o Presidente da Academia de Zé Doca prof Ezequias Souza da Silva, secretário municipal de esportes Gilmar Soares, Presidente da Câmara de Zé Doca Carlos Henrique Solteiro, Padre André e diversas autoridades locais.

O presidente Carlos Henrique ressaltou a importância da academia. “Um grande privilégio poder participar desse momento tão importante na nova condução da Academia Zedoquense de Letras com acadêmicos cheios de disposição a levar a cultura para os jovens, com o incentivo do poder público com a prefeitura se colocando à disposição e da mesma forma eu faço, colocando o meu mandato disponível para o fomento da cultura”, disse Henrique.

A Academia foi criada em julho de 2018 com o nome Casa de José Gonçalves, homenagem ao autor do hino do município de Zé Doca, contando hoje com 17 membros que já escrevem livros, poesias e contos como forma de fomentar a literatura local.

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*