Na gestão Josinha Cunha, Zé Doca cresceu em 2 anos o que não cresceu em 20. Novas inaugurações já estão previstas para este mês

Era 02 de janeiro de 2017, o clima predominante na cidade de Zé Doca era de apreensão e expectativas, acostumados a conviver com a decepção de colocarem representantes de “enfeite” na cadeira majoritária, os zedoquenses que votaram em Josinha se enchiam de confiança numa eventual mudança, já do outro lado, aqueles que votaram contra a mesma aguardavam para abrir os lábios e num eventual futuro se expressarem exclamando: “eu avisei”. 

Tratada muitas vezes com preconceito por ser mulher e insultada por muitos que se utilizavam da expressão “laranja” em alusão ao fato de ser a irmã do deputado Josimar, a atual gestora venceu as criticas e conseguiu colocar Zé Doca nos eixos.

As últimas eleições na cidade colocaram “em xeque” o trabalho e a aprovação popular e o resultado que se viu foi positivamente espantoso e até previsível tendo em vista as mudanças radicais registradas na cidade.

MUDANÇAS ENÉRGICAS MAS NECESSÁRIAS

Logo cedo, a gestão optou pela retirada dos feirantes e barracas da avenida principal, algo visto com descontentamento por alguns mais que de fato abriu espaço para que Zé Doca passasse a ser vista como uma cidade em transformação.

Passado um período de adaptação, a gestão construiu um amplo estabelecimento para alocar os que outrora precisaram conviver com a poeira de carros para vender seus produtos.

A gestão cortou regalias recebidas por vários profissionais, o que ajudou a economizar dinheiro público e reinvesti-lo em outros setores que necessitavam de maior atenção.

ELEIÇÕES 2018

Aos poucos, lideres e simpatizantes do grupo que faz oposição a prefeita foram se aproximando e assumindo o desejo de contribuir com a gestão, sendo recebidos de igual modo.

O resultado: Josimar Maranhãozinho recebeu 14.525 votos na cidade (63,17% dos votos), já Detinha recebeu 11.851 votos ( 51,85% do apurado), traduzindo em miúdos como costuma se falar, os dois praticamente massacraram a oposição nas urnas (obtiveram a maior parte dos votos superando até mesmo a somatória de todos os votos dos candidatos votados em Zé Doca).

Pra se entender melhor o tamanho das diferenças, Zé Costa (candidato a deputado estadual) e adversário de Josinha na última eleição municipal tirou 1.810 votos, não obtendo nem 1/5 dos votos da candidata apoiada pela prefeita (no caso, Detinha).

NOVA VISÃO

Em 02 anos, o numero de inaugurações e obras em andamento é 250% superior ao mandato do ex-gestor do município, o que ajuda a entender a popularidade da prefeita Josinha. 

Mesmo após o término das eleições, o cronograma de novas inaugurações não para: dia 23 haverá inauguração de uma UBS e entrega de um trator no povoado Três Satubas, dia 24 haverá a inauguração do processo de asfaltamento de ruas e uma UBS em Paraíso Sobral, dia 25 haverá abertura do campeonato de futebol na sede do município, competição patrocinada pela prefeitura. Em resumo: Zé Doca, tem sim, bons motivos pra comemorar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*