• LOJA H. FREIRE ANTENAS PARABÓLICAS, MOVEIS E ELETROS. ZÉ DOCA-MA E SANTA LUZIA-MA
  • CHURRASCARIA TRADIÇÃO A MELHOR DA CIDADE. SERVIMOS ALMOÇO E JANTAR

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero

O jornalista Ricardo Boechat, 66, morreu após a queda de um helicóptero no início da tarde desta segunda-feira (11) em São Paulo nesta segunda-feira (11). 

O helicóptero caiu sobre um caminhão, logo abaixo do quilômetro 7 do viaduto do Rodoanel, no sentido rodovia Castelo Branco, próximo ao pedágio Jabaquara, na Grande São Paulo.  Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto e o copiloto da aeronave morreram na hora. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão. 

Boechat estava dando uma palestra em Campinas e retornava a São Paulo nesta segunda-feira (11).

A Força Aérea Brasileira já abriu investigação para apurar as causas do acidente.

Em comunicado oficial, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) informou que o processo se encontra em fase inicial, com a perícia do local do acidente e a coleta de depoimentos.

A aeronave explodiu após o choque. Os bombeiros informaram que 11 viaturas foram deslocadas para o local no atendimento à ocorrência.

Em pronunciamento, ao vivo, José Luiz Datena disse: “Com profundo pesar desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista Ricardo Boechat, pai de família, companheiro, o maior âncora do jornalismo da TV brasileira, morreu hoje em um acidente de helicóptero no Rodoanel em São Paulo”. 

Datena disse que Boechat voltava de Campinas, a 99 km de São Paulo, e ia em direção ao heliponto da emissora. “Jamais pensei que eu iria dar essa informação”, comentou. “É um momento muito triste para o jornalismo brasileiro, para a família Band.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*