Atendimentos da Carreta da Mulher chega ao município de Carutapera.

Chegou na manhã desta segunda-feira (06), a “Carreta da Mulher” em Carutapera para realizar várias ações direcionadas à mulher carutaperense.

Antes do início das ações assistenciais houve uma palestra que contou com a presença da Secretária de Estado da Mulher, Terezinha Fernandes , da Secretária Municipal da Mulher Márcia Daniele Maia, do prefeito municipal André Dourado, secretários municipais e vereadores.

Durante os dias em que a carreta permanecerá na cidade de Carutapera, serão realizados exames preventivos, teste de HIV, aferimento de pressão, além do acesso a consultas com psicólogos e com terapeutas.

A chegada da Carreta da Mulher a Carutapera só foi possível por meio da parceria entre o Governo do Estado e Secretária Municipal da Mulher com o apoio incondicional do prefeito André Dourado.

“As políticas para as mulheres são uma prioridade em meu governo. O Programa Carreta da Mulher é uma oportunidade para as mulheres, de todas as idades, terem acesso aos seus direitos”, declarou André Dourado.

Para a Secretária de Estado da Mulher, Terezinha Fernandes, a adesão dos gestores municipais tem sido importante para o sucesso da ação. “É muito bom contar com o apoio dos gestores, tanto na divulgação da carreta, quanto dos profissionais cedidos para as ações” disse Terezinha.

“As prefeituras municipais e os organismos tem sido muito importantes durante o trabalho de mobilização. Só temos que agradecer pelas parcerias”, finalizou a secretária.

Após a cerimonia, houve a inauguração da Secretaria da Mulher no prédio da prefeitura no centro da cidade, com direito a corte da fita e a presença de diversas autoridades.

O novo espaço conta com uma sala de acolhimento multiprofissional, sala de espera para aguardar serviços de abrigamento e outros espaços idealizados especialmente para promover uma proteção para as mulheres que são atendidas diariamente.

A secretária da Mulher, Márcia Daniele Maia, afirmou que o local simboliza o reconhecimento da luta pela equidade de gênero. “Não é somente um espaço maior, é a disposição de toda uma rede parceira que quer uma sociedade mais justa e igualitária e que trabalha para que esse serviço exista e continue. É pela vida das mulheres. Carutapera hoje se importa com essas vidas ”, ressaltou.

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*